Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cronicamente Fabulosa

Tenho fibromialgia, mas também sou fabulosa e esta é a grande aventura que é a minha vida.

Cronicamente Fabulosa

Tenho fibromialgia, mas também sou fabulosa e esta é a grande aventura que é a minha vida.

Festas de anos, loucura e pré adolescentes.

por AF, em 25.02.19

kTKo4bBjc.jpg

Antes que digam alguma coisa... sobrevivi!

Não foi nada fácil, devo dizer. Mais de dez crianças entre os dez e os onze anos enfiados numa sala a pular de um lado para o outro, a gritar, a cantar, a dançar, a rir, a falar.... ENFIM. Acho que percebem a ideia.

Quando me lembro de trabalhar num sítio em que parte da minha função era entreter miúdos com jogos divertidos, vem-me à ideia que nessa altura era muito mais fácil chamar-lhes a atenção. Mas eu não sou uma desistente e tal como antigamente peguei nuns jogos interessantes e nada infantis para eles se divertirem.

E podem crer que se divertirem. Divertiam-se tanto que às vezes eu tentava falar e não conseguia ser ouvida nem por mim própria! Já sei aquilo que os professores sentem na escola e com isto deixo um enorme pedido de desculpas a todos os professores que já tiveram de me aturar.

De qualquer das formas sinto que foi uma missão cumprida. Os meus pais arrasaram na decoração: puseram as minhas ideias em prática, juntaram-lhe magia e ficou tudo espectacular. A família toda conseguiu encher a minha irmã de alegria com as prendas que ela nunca esperaria. Os doces eram bons - eu não posso falar por mim porque passei o fim-de-semana inteiro a torradas. Chorem por mim.

Os presentes nos saquinhos estavam originais com um marcador de livros feito por mim, impresso pelo meu tio e plastificado pela minha tia - chama-se a isto teamwork malta.

Enfim, em suma acho que a minha irmã adorou o dia de festa em que se divertiu imenso com os amigos, recebeu prendas giras, riu, dançou, jogou, comeu doces e teve as atenções todas nela.

E eu como irmã babada como é óbvio também adorei. Mas aqui entre nós deixem-me dizer-vos que o que adorei mesmo foi chegar à cama no fim do dia e adormecer que nem uma pedra.

Por isso já sabem, se tiverem alguma fase de insónias a solução é uma festa de pré-adolescentes. Funciona melhor que comprimidos!

Estou mesmo a ficar velha... bolas!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D